A Guarda Nacional Republicana (GNR) realizou, entre os dias 24 e 28 de abril, uma operação de patrulhamento e fiscalização rodoviária, nas vias rodoviárias da sua área de responsabilidade, com especial atenção para a circulação de veículos a motor de duas rodas, com o objetivo de contribuir para a redução da sinistralidade rodoviária grave, garantir a fluidez do tráfego e apoiar todos os utentes das vias.

O patrulhamento foi orientado para as vias com maior intensidade de tráfego, com particular incidência para os troços mais propensos à ocorrência de acidentes e períodos mais críticos. Foram intensificadas as ações de patrulhamento e fiscalização rodoviária, nos períodos e locais de concentração de condutores de veículos de duas rodas a motor, e nos principais eixos rodoviários nacionais, em especial nos acessos à fronteira com Espanha, pois decorreu, entre 26 e 28 de abril, o “Moto GP Jerez 2024”, em Jerez de la Frontera, Cádiz, Espanha, o que contribuiu para um aumento significativo do volume de tráfego de veículos de duas rodas.

Durante a operação foram fiscalizados 3 958 condutores, detidas 10 pessoas, quatro por condução em estado de embriaguez e seis por falta de habilitação legal para conduzir, e detetadas 161 infrações, destacando-se:

  • 22 infrações referentes a excesso de velocidade;
  • 18 infrações referentes a iluminação;
  • 17 infrações referentes a chapas de matrícula;
  • 15 infrações por utilização de sistemas, componentes ou acessórios não regulamentares;
  • 15 infrações por falta de seguro;
  • Nove infrações relacionadas com pneus;
  • Oito infrações referentes a manobras;
  • Três infrações por falta ou utilização incorreta de capacete homologado;
  • Sete infrações por condução sob efeito de álcool;
  • Uma por habilitação insuficiente para conduzir;
  • Um infração por alterações de características;

Comentários Facebook

Comentar

Também poderá gostar de ler

Resultados e classificações de futebol das equipas do concelho Esposende

Resultados e classificações de futebol das equipas do