A Guarda Nacional Republicana (GNR), entre os dias 17 e 23 de junho, no âmbito do planeamento anual efetuado pela RoadPol, realiza uma operação de fiscalização intensiva da condução sob efeito do álcool e substâncias psicotrópicas, com o objetivo de promover comportamentos mais seguros por parte dos condutores e diminuir a sinistralidade rodoviária grave, em todo o território nacional continental.

A Rede Europeia de Policias de Trânsito (RoadPol) é uma organização que foi estabelecida pelas polícias de trânsito da Europa, com a finalidade de melhorar a segurança rodoviária e a aplicação da lei nas estradas. Estas operações, de âmbito europeu, têm como principal finalidade a criação de um ambiente rodoviário mais seguro através de uma intervenção simultânea sobre as principais causas de acidentes procurando, desta forma, influenciar positivamente os utilizadores, levando-os a adotarem condutas que privilegiem comportamentos mais seguros.

A condução sob efeito do álcool ou substâncias psicotrópicas é um fator de risco que tem sido objeto de uma atenção crescente nas políticas de segurança rodoviária ao nível europeu. No ano de 2023, foram registados pela GNR 55 312 acidentes de viação, tendo resultado 16 911 feridos leves, 1 277 feridos graves e 279 vítimas mortais, sendo que dos 2 143 736 condutores fiscalizados pela GNR neste ano, 33 657 apresentaram uma taxa de álcool no sangue (TAS) superior ao permitido por lei.

Comentários Facebook

Comentar

Também poderá gostar de ler

Esposende vai criar rede de recolha de óleos alimentares usados

O Município de Esposende vai dotar o concelho